Tour Virtual Casa Amarela

Olho na Nuca na Casa Amarela

Ocupar parece ser o verbo mais instigante do século XXI. Por estarmos o tempo todo conectados, em todo lugar ao mesmo tempo, parece que conseguimos, de certa forma, passar essa noção aos objetos, aos lugares e a nós mesmos. Por que não podemos estar também em um espaço que não é nosso? Por que não podemos estar em um espaço que pertence a ninguém? Essas são as perguntas que inundam as cidades e seus antros.

Dessa vontade nasceu o Movimento de Ocupação de Espaços : uma iniciativa de artistas das mais diversas linguagens (dança, artes plásticas, artes visuais, música, performance e circo) e entusiastas (pequenos e médios produtores, associados e não associados à Cooperativa Paulista de Teatro) que se reuniram para discutir a pauta de ocupação de espaços públicos por coletivos artísticos. O grupo ganhou notoriedade e realiza ações com diálogos e propostas em conjunto com a própria Secretaria de Cultura.

O Olho na Nuca, atento a tudo isso, assistiu de perto o nascimento da Casa Amarela! A casa funciona com a proposta do Ateliê Compartilhado: um espaço de criação em que a criatividade e colaboração se tornam aliadas para fazer novos projetos horizontais em que cada grupo e artista contribui com seu saber. Essa construção em conjunto reduz custos, facilita fluxos e possibilita com que essas produções artísticas cheguem mais facilmente a população. Em suma, esse rico espaço de trocas proporciona a possibilidade de uma nova forma de fazer política cultural.

O Tour Virtual do Olho na Nuca navegou por dentro e fora da Casa Amarela e apresenta uma visão íntima desse espaço tão inspirador e inspirado!